Maurão de Carvalho diz que vai garantir boas estradas para escoar produção

3 de outubro de 2018

Durante reuniões, o candidato a governador Maurão de Carvalho, da coligação “Rondônia, unidos somos fortes”, tem mostrado que a manutenção das estradas em boas condições será uma prioridade em sua gestão, caso seja eleito, para garantir o escoamento da produção agropecuária e o livre trânsito das pessoas.

Para o candidato, fazer novas estradas, manter a malha viária atual trafegável e garantir parceria com os municípios para a manutenção nas linhas vicinais, é decisivo para garantir que o setor produtivo possa continuar crescendo, afinal não adianta produzir se não tem infraestrutura para levar o produto até o mercado consumidor.

“A manutenção das rodovias de responsabilidade do Estado, além da recuperação das estradas ainda sem pavimento, garantindo a trafegabilidade e o escoamento da produção agropecuária é prioridade. A ligação via asfalto entre Pimenteiras do Oeste e Cerejeiras, a continuidade das obras na RO-005, a conhecida Estrada da Penal, o acesso ao chamado Porto Expresso, entre outros projetos, também serão tratados com prioridade em nossa gestão”, garantiu.

Ele ainda assumiu o compromisso de fazer parcerias com os municípios para a recuperação das linhas vicinais. “O produtor precisa de boas estradas e vamos trabalhar para garantir esse benefício, independente do partido do prefeito. Vamos sempre priorizar a população”, afirmou.

BR-364

Maurão de Carvalho também destacou a necessidade de duplicar a BR-364, que é a rodovia da integração, que une Rondônia ao resto do país, por onde passam produtos exportados ou importados.

“Mas, precisa ser duplicada, num primeiro momento, pelo menos nos trechos mais perigosos, como entre Jaru e Ouro Preto, por exemplo, mas esse trabalho precisa ser feito em todo o percurso, desde Vilhena a Porto Velho. É uma obra cara, mas essencial para garantir o escoamento da nossa produção agropecuária, que tenho fé que vai seguir crescendo e se consolidar como uma das maiores do país. Uma saída seria a terceirização do controle da rodovia”, completou.

Segundo o candidato, estudos do Dnit apontam que a construção de uma terceira pista, em cerca de 70 quilômetros de trechos, já iriam contribuir para a redução dos acidentes de trânsito.

 Transrondônia

Maurão ainda se comprometeu a dar continuidade às obras de pavimentação dos cerca de 200 quilômetros de extensão da Rodovia do Boi, agora chamada de Transrondônia, ou RO-370, ligando os municípios de Corumbiara, no Cone Sul, a Parecis, na Zona da Mata. A obra foi lançada pelo ex-governador Confúcio Moura, agora candidato ao Senado (MDB).

“O trecho de cerca de 200 quilômetros passa por uma região muito produtiva, que está crescendo a cada ano. É uma obra grande que vai ajudar a transformar Rondônia cada vez mais num celeiro de produção agropecuária”, destacou.

O projeto total prevê que, no futuro, Rondônia tenha uma rodovia estadual paralela à BR-364, saindo do Cone Sul, passando pela Zona da Mata, chegando até a região de Ariquemes, em seguida ligando por Buritis até Nova Mamoré.